sábado, dezembro 27, 2008

Então ontem e hoje

Ontem saí de casa e deixei meu menino no msn conversando com amigos meus e amigos dele. Saí de casa de vestido lindo.

Mas eu não estava bonita, não. Estava incomodada com o vestido lindo que me prendia e me fazia sentir muito calor. E me sentia barriguda. E, consequentemente, gorda e feia. Mas tinha tantas coisas pra resolver que isso era muito pouco imortante.

Amizades reatadas, beijos de casal, telefone da Tia Camilla, falar sobre o que não era falado sem desdizer, salvar uma Lua, encontrar um Jaskolka num samba solto, onde dançava sozinha. E muito bom ver que ainda fica vermelho quando escandalizo e pulo em cima dele chamando as pessoas e dizendo "Este é o meu filho Jaskolka!".

Sambar com gente. Lembrar dos amores feitos e desfeitos ali... Fazer uma ligação e me sentir descartada. Não atender outra ligação. Lembrar com carinho e sentir falta do cheiro do meu anjo. Esquecer uma blusa de frio.

Observar olhares desviados pra mim e pensar que, talvez, um príncipe desencantado procurasse por uma donzela... E poderia ser eu, a Donzela Dele.

Mas não deveria ser... Sei lá. Olhares bonitos, charmosos, cúmplices e passos dados em minha direção. Mas quando chegava muito perto, vinha a preguiça de começar de novo e a lembrança de uma colonterapia no dia seguinte. Nem devia estar bebendo.

Carona, taxi, casa, sono. Hoje. Hoje, supermercado e coisas naturebas. Hoje conversar com uma flor gigante e combinar a corrida de todos os dias. Mais tarde, quando parar de chover.

Hoje saudade de uma Kenzo. Hoje normal. Ainda barriguda.

Mas então de ontem e hoje: dever cumprido, amizades amigas, casais, Lua, Jazz, filho... Ontem era meu dia de ser cupido, atravessadora, espiã, alegre e sambista. Nostálgica, um pouco. E hoje, que mal começou, recebo: "Lya Luft na Rede Minas. Falando sobre o Ponto Cego. Lembrei de você.". - Valeu, Lora.

Agora sono e talvez sonhos. Ou só cochilo sem idéias.

Hoje eu sei lá. Ontem foi tudo.
Hoje? Ainda vou decidir.

2 comentários:

  1. sabe o que eu acho?
    voce escreve pra caralho...
    com todas as letras, sem asterisco.
    vou repetir: VOCE ESCREVE PRA CARALHO!
    quero um livro.

    ResponderExcluir
  2. Read your article, if I just would say: very good, it is somewhat insufficient, but I am still tempted to say: really good!
    runescape gold

    ResponderExcluir