quinta-feira, dezembro 25, 2008

Desatino

Ela desatinou, viu chegar quarta-feira, acabar brincadeira, bandeiras - se desmanchando, e ela inda está sambando...

E ela ainda está sambando...

Naquele dia ela ainda não parou de sambar até hoje.

Aquela moça bonita, de andar agateado, ainda não parou. Deve estar longe daqui, dos lados de lá onde anda o deputado e o senador. E pra matar a tristeza só mesa de bar.

E por falar em saudade... Onde anda você?

Ela brigou comigo fez a mala e foi embora. Foi sambar, saltar, em outro lugar. Brigou com o mundo inteiro. Revoltou-se. Comigo.

Ficou difícil, tudo aquilo, nada disso. Mas vai e vem e envenena e me condena ao rancor. E ainda me deixou. Com cara de palhaça, segurando a mesma velha ferida, torta, sem graça, sem jeito, meio esquisita.

Mas há sempre algo que se lasca, que se acaba... Aos poucos.

Ela cantarola, mas não admite cantar. Ela cede um colo, mas também precisa de colo. Ela precisa de carinho. Ela te carrega no colo mesmo se não puder andar. Ela te alegra mesmo se estiver triste. Ela tem sempre histórias surpreendentes sobre seus melhores amigos da última noite. Ela sempre acha alguém pra tirar foto.

Depois de muitas frases lapidar, eu percebi, que as rimas que preciso, essas rimas esqueci.
Sempre fiz samba de ouvido pra você!

E ai! de NÃO deixar de lado como a flor que eu tinha na mão E ai! NÃO esqueci na calçada só por esquecer. Numa certa noite, fora do tempo.

Será que entende? Que é pra não ter recaída, que não me deixo esquecer?

NÃO, moça bonita. Não brigue, não grite. Não precisa de alguém que grite. Não precisa de alguém que queira ir ao parque ou ao cinema. Não precisa de calçadas chorando cachoeiras. Não precisa abandonar o passado. Porque o passado tá aí, grudado em vestes, uma coisa que não se apaga, não se deixa. NÃO RENEGUE, não é renegada.

Elle lutte elle se débat. Mais ne résistera pás.
Mais c'est qui cette incrustée, cet orage avant l'été. Sale chipie de petite soeur?

Os dias sem sol raiando e ela inda está sambando...

Mon soleil c'était toi. Je suis perdue.
By Carol
24 de dezembro de 2008
11:03 h

Ps. Dizer que NÃO SE IMPORTA COM MEU PERDÃO é a forma mais simplista de provar que se importa.

Um comentário:

  1. A friend told me this place I have been looking for, I come, it turned out, I have not disappointed, good Blog!
    runescape money

    ResponderExcluir