sexta-feira, setembro 26, 2008

Outro dia ela virou BRISA (Sharôn)

Outro dia, um dia destes, ela apareceu e disse: “Vou”.

A deixamos ir. Ela precisava se encontrar. E foi. Foi mesmo. Se encontrar.

Outro dia ela foi. E não nos deixou. Deixou, sim, uns pedaços dela. Uns pedaços que ela nem gostava. Uns pedaços que ela escondia.

Um dia ela apareceu, falou “vou”, foi e largou os pedaços feios. Todos. Foi só a parte linda dela que partiu pra se encontrar. E de tão linda que estava naquele dia, virou BRISA. Nem vento, nem ventania, nem suspiro. BRISA mesmo. BRISA leve, solta, liberta mesmo que dolorida. Ela virou BRISA mansa mesmo. Dava pra tocar e sentir o cheiro. Doce.

No dia em que ela partiu e deixou aqui o que não gostava, foi só. E aqui ficou... Aqui não ficou nada além daquela BRISA. O feio desapareceu. O que ela não gostava sumiu. Ficou a lembrança e aquela eterna sensação “... falta ela aqui...”.

E, por estes dias todos de ausência, ela foi constatada em todos os cantos. Em cada mesa, em cada corrida, em cada aperto no peito e nos chorares ao anoitecer com embriaguez.

Ela, BRISA leve, pode não imaginar o quanto foi presente sempre como se colocassem um peno a tampá-la no nosso buquê. Nós a cobrimos enquanto não estava aqui. Para protegê-la. Por amá-la. E é muito amada. Virou cabeça na foto, virou tatuagem, virou homenagem, virou “saudades da minha Sharôn!”.

Outro dia, um dia destes, ela apareceu e disse: “Voltei”.

Este dia é hoje e foi ontem. E é amanhã, apesar das incertezas que vem com todo amanhã. Mas a gente sabe que ela sempre volta. Até porque a deixamos ir pra se encontrar. Pra se procurar. E achar.

Outro dia, dia destes, vamos vê-la cantar. É a BRISA de Flor, descoberta do pano, livre de dor.

Bem vinda ao nosso “pacote de gente-flor”, novamente.

Onde estiver, BRISA, ficará descoberta do pano, ou até coberta com muitos arranjos. Como quiser.

Pra se encontrar. Achar. Sempre que precisar.

By Carol Bahasi e Jazz-mim
10 de Setembro de 2008.
11:38 h

2 comentários:

  1. PUTA QUE PARIU !
    Chorei !
    Perfeito

    ResponderExcluir
  2. Daniel00:39

    Passando aqui pra lhe avisar que apartir de hoje, escrevo meus contos eróticos aqui:

    http://textoaatres.blogspot.com

    Passa lá, sei que irá gostar. Olha, no Ménage não sou Daniel Moraes, mas sim, Eros. Bjus.

    http://so-pensando.blogspot.com

    ResponderExcluir